Cárie: fácil prevenção e sérias consequências

A cárie é uma doença que se caracteriza pela desmineralização da estrutura dentária. Acontece porque a  cavidade oral está repleta de bactérias, dentre elas o streptococos mutans, que utilizam os açúcares que ingerimos, metabolizando-os e produzindo ácidos que através de uma reação química removem cálcio dos dentes. Com isso são causadas alterações no esmalte/dentina que vão desde manchas brancas e pequenas irregularidades, até amplas cavidades que enfraquecem os dentes, podendo levar a dores leves, médias, fortes ou até infecções a nível de tratamento de canal.

Ela é considerada multifatorial, onde além da relação direta com a dieta (sacarose) e com os microrganismos (bactérias), a cárie também pode ser associada a resistência do hospedeiro (estrutura dental e ph da saliva), fatores sócio econômicos (acesso a atendimento odontológico, aquisição de escova, fio e pasta dental) e educação.

É de fundamental importância na prevenção dessa doença a oferta de flúor no meio salivar, porque ele capta o cálcio da saliva e deposita nos dentes, atuando como um atenuador na destruição da estrutura dentária, remineralizando o esmalte e a dentina.

Além disto, o controle da dieta no que tange a frequência e quantidade diária no consumo de doces é indispensável para evitar o desenvolvimento das cáries. Também é de suma importância consultas periódicas de profilaxia dental, pois o exame clínico de um dentista, controle radiográfico somado a raspagem de placa/ tártaro, ao jato de bicarbonato, ao polimento dental e à aplicação de flúor são determinantes na prevenção de doenças bucais.

Portanto, mantenha sempre seus dentes bem higienizados, controle consumo de guloseimas e visite regularmente seu dentista. Nesta época de férias não facilite! Aproveite o início do ano para fazer seu check up bucal.

Dr. Felipe Crippa Smith (CRO-RS 13.282)
Especialista em Implantes Dentário e Clínico Geral

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.